15 de junho de 2005

CURTA
Trailers

Enquanto olhava avidamente para o écran à espera da obra prima de Robert Rodriguez, e após uma longa ausência das salas de cinema, fui surpreendido pelos trailers que me vão fazer lá voltar nas próximas semanas.
(Nota1: caso não saibam, quem tiver Cartão Millennium BCP compra 2 bilhetes pelo preço de um nos cinemas Warner Lusomundo... aproveitem!!)

Batman Begins - Muuuuuito interessante. Finito a um Michael Keaton apaneleirado e enchido a espuma na obra prima de Tim Burton e a dois erros de casting (Val Kilmer e George Clooney). Christian Bale está bem e recomenda-se - os kilos perdidos com o "Maquinista" já foram recuperados e o trailer tem um aspecto muito negro, fazendo lembrar o mítico "The Crow". Só temo que o propalado "exílio" do Batman (antes de o ser) se transforme numa fantochada Van Dammiana.

War of the Worlds - Interessante, mas assustadoramente semelhante ao "Dia da Independência". Sugere muito e mostra pouco. Explodem umas pontes e caem uns raios, mas nada de nos fazer saltar da cadeira. Tom Cruise ao nível de "Last Samurai" ou já com a cabeça no ar, devido a Katie Holmes, namorada ingénua e influenciável q.b.? A ver dia 9.

Fantastic Four - Mais uma adaptação da BD. Penso que é da Marvel, mas não tenho a certeza, porque as BD's propriamente ditas passaram-me ao lado da infância, como já disse. Não obstante, tenho uma vaga noção daquilo que estes quatro indivíduos são na vida e pareceram-me muito bem transpostos para cinema. Só no trailer vão ao ar alguns prédios, carros e afins... Um novo "X-Men"?

Mr. and Mrs. Smith - Podem-me bater aqui, mas "True Lies" foi o último grande filme do "governador" Schwarzenegger. James Cameron deu uma ajudita, mas o filme até estava bem feito. Doug Liman (director de "Bourne Identity") já tem provas dadas e pode ter aqui mais um "hit" nas mãos. O filme já é nº1 nos box-offices dos yankees, concerteza muito por culpa do mediatismo que o rodeia (e da cena de sexo entre Pitt e Jolie que não deveremos ver *). Acção sem cérebro ou algum argumento que se veja? A curiosidade vai-me levar ao cinema outra vez...

* Nota2: Consta-se que a dita foi retirada para não ofender os fãs de Jennifer Aniston. Isto mostra o quão apanascados e tótós são os censores da MPAA.

1 comentário:

o fiscal disse...

hmm... afinal não declaravam...