18 de junho de 2005

REVIEW
Ocean's Twelve

Ano: 2005
Realizador: Steven Soderbergh
Actores: George Clooney, Brad Pitt

Steven Soderbergh é um bom realizador. Já o provou em filmes anteriores como "Traffic", "Erin Brockovich" ou até "Ocean's Eleven". E aqui está o problema. Algum iluminado com serradura no cérebro deve ter pensado o quão engraçado seria voltar a reunir o elenco de "Ocean's Eleven", mesmo tendo em conta que não haveria um argumento capaz de justificar nova reunião de tanta vedeta. "Não faz mal", terá dito alguém. "O facto de estarem lá a passear no écran bastará para levar muitos papalvos ao cinema".

Resultado, contrata-se Catherine Zeta-Jones para justificar uma antiga paixão de Brad Pitt, Andy Garcia quer cobrar a "dívida" relativa ao dinheiro roubado no primeiro filme (muito bom) e o resto... que resolvam os actores / ladrões. E aí está o problema. Aquela parada de estrelas não está para aí virada e passeia-se sem qualquer réstia de empenho pelo écran num filme maçador, enfadonho, lânguido e sem chama. O argumento arrasta-se, os twists são tão imprevisíveis como ilógicos e, no fim, fica a sensação de ter perdido duas horas de vida.

O melhor: A palavra "FIM" (para quem lá chegar)... e o cameo de Bruce Willis.

O pior: O "hilariante" trocadilho dos créditos finais - "And introducing Tess... as Julia Roberts" - What the fuck was that? Alguma private-joke? Quem terá sido o cagalhoto que pensou que aquilo teria piada?

Classificação: 3/10

2 comentários:

Luis Monteiro disse...

vá lá. já não sou o único...
O Soderbergh chegou a dizer que se fosse possivel gostava que este filme nem constasse na sua filmografia, porque, segundo ele, aquilo foi mais uma brincadeira de amigos.
È com brincadeiras destas que a gente se queima...

Sandra disse...

pois, bastava o ocean's eleven o twelve era despensável.
Os actores principais são tão importantes k se atreveram a dar um papel secundário ao Bruce Wiils (de Bruce wills), poucos minutos foram. :)