26 de setembro de 2005

NEWS
Filme no cinema, na TV e em DVD

Steve Soderbergh, realizador "todo-o-terreno", de Sex,Lies and Videotape até Ocean's Eleven (até me esqueço que o Twelve existiu) pretende construir uma medida absolutamente inédita, no âmbito da evolução do cinema e sua adaptação aos novos tempos, procurando, pelo meio, lutar contra a pirataria e contra o crescentemente dominador mercado dos DVD's.

Assim sendo, o seu próximo filme, Bubble, a estrear em Janeiro de 2006, será lançado simultaneamente no cinema, em DVD e na televisão.

Através de uma aliança com alguns amigos poderosos, incluindo o milionário Mark Cuban, dono de algumas cadeias de cinemas, Soderbergh planeia lançar o seu filme num número mais ou menos limitado de salas, ao mesmo tempo que, segundo ele, "espera vender os DVD's do filme no lobby do cinema". Simultaneamente, será exibido na televisão, através do canal de cabo HDNet Films, também originário de uma parceria entre Mark Cuban e Todd Wagner, um conhecido empresário.

Esta medida é, para Soderbergh, um passo em frente rumo à evolução natural do cinema, contrapondo à crença estabelecida que insiste em aguentar o cinema nos seus moldes actuais, ignorando em parte as ameaças legais (e ilegais) que o cercam, como a pirataria ou os DVD's. Segundo o mesmo (e em transcrição original que não tenho pachorra de traduzir agora):

"This is my response to certain trends in the entertainment industry(...). I believe that the good old days of watching 35mm movies in theaters, where they play for weeks at a time are gone. I wish it weren't so. Everything changes and evolves and we've got to get with it, embrace it and find a way to make it work. The movies are not the way they used to be when I grew up. It's 30 years later!"

Um pensamento a reter...

1 comentário:

Sandra disse...

Ora aqui está um ideia original e que é capaz até de resultar...vou esperar pelos resultados.