20 de outubro de 2005

REVIEW
Land of the Dead

Image hosted by Photobucket.comAno: 2005
Realizador: George A. Romero
Actores: Dennis Hopper, John Leguizamo

Ah, as saudades que eu tinha de um bom velho filme de zombies, revitalizado e vitaminado para o séc. XXI. E, admitamos, nada como o mestre e criador do género, George A. Romero, para levar a cabo tal tarefa.

Aproveito esta review para mudar a imagem de topo. Já me induzia o vómito ver sempre o paneleirote do Neo a cair, vez após vez, num infindável e repetitivo ciclo.

Bom, de volta à vaca fria, que esta é curta e grossa. Aqui a coisa não tem argumento. Não precisa. Meia dúzia de linhas de história de merda chegam e sobram para justificar a hora e meia de carnificina indiscriminada.

Basicamente, os mortos invadiram a terra e dominam esta merda toda como se fosse deles. Como se fosse pouco, zombies há que começam a ficar com cérebro e a aprender merdas, como manejar armas. Vai daí, toca a assaltar as fortificadas cidades onde se encurralam ricos e pobres, conveniente e socialmente estratificados, em mais uma mensagem política de Romero. Procura-se a liberdade e um mundo sem barreiras. Mas esta laracha toda é apenas pretexto para limpar o sebo aos mortos, que não o são.

O elenco não existe, é uma anedota e, tal como o argumento, se fosse papel, serviria para limpar o rabo em noites de tempestade intestinal. De resto, tecnicamente impecável, ultra violento (atenção à cena em que um gajo "vê" a pele da cara arrancada) e com um ritmo apreciável, este Land of the Dead fez-me, em algumas partes da festa "gore" zombiesca, lembrar o saudoso Braindead, pela quantidade absurda de sangue e vísceras que saltitam pelo écran. Talvez Romero andasse a ter "clímaxes" de ver os Happy Tree Friends (http://www.happytreefriends.com), pois o sadismo reina na mente putrefacta das estrelas do filme, convenientemente langonhosas e enfadonhas nos seus movimentos.

O melhor: Os "eishhh" que um gajo larga ao ver os nacos de carne a serem arrancados.

O pior: O argumento e o elenco... mas também, quem é que liga a essa merda num filme destes?

Classificação: 7/10

Sem comentários: