22 de janeiro de 2006

REVIEW
Saw II

Image hosting by PhotobucketAno: 2005
Realizador: Darren Lyn Bousman
Actores: Donnie Wahlberg, Shawnee Smith

Saw II é a continuação de um dos mais surpreendentes filmes de 2004, que contava a história de um serial-killer (Jigsaw de seu nome) que se entretia a brincar aos deuses e a julgar quem era e não era digno de viver, pondo as vítimas em complexos, imaginativos e sangrentos puzzles onde as pecaminosas vítimas tinham que batalhar duramente para poderem permanecer com vida.
E uma das grandes forças do primeiro filme era essa, ou seja, o facto do assassino, em todos os seus golpes, apenas dispôr as peças do puzzle. Cabia às vítimas a escolha de decidir se viviam ou morriam.

Neste segundo volume, a história inicial é um bocado subvertida em relação ao primeiro, visto que ficamos a conhecer, logo ao princípio a identidade deste assassino, através de um jogo que o mesmo joga com um polícia desacreditado com a sua própria alma.
E esta é, também, uma das forças do segundo filme, porque consegue surpreender. Ficamos sempre à espera de um twist tão brutal e fantástico como o do primeiro opus, mas aqui joga-se mais com o suspense. Quanto mais não seja, o suspense de sabermos o porquê da identidade do assassino ter sido revelada logo nos primeiros minutos do filme.
E este suspense deixa-nos com aquela comichão nervosa no cu, do género: "Eu sei que vai sair daqui uma merda fabulástica, mas não sei bem o quê, visto que já lhe vimos a fronha".
E é esta comichão, um pouco semelhante a uma hemorróida, que nos carrega ao longo do filme, que acompanhamos com um entusiasmo pueril rumo ao final que, embora surpreendente, não carrega o mesmo grau de espanto do primeiro, talvez por ser tão difícil de superar.

Em resumo, para os que vão à espera de encontrar mais do mesmo, desiludam-se. Este já joga noutro campeonato, no campeonato do suspense, do thriller competente, bem filmado, sombrio e com boas interpretações mas que, invariavelmente, poderá deixar um ligeiro amargo de boca a quem viu o primeiro.

Mesmo assim, é mais do que recomendável!

O melhor: O suspense bem alicerçado ao longo de todo o filme.

O pior: Pode desiludir a quem viu o primeiro. Às vezes faz lembrar as partes piores do Cubo.

Classificação: 7 /10

1 comentário:

joeyalaxander7004 disse...

I read over your blog, and i found it inquisitive, you may find My Blog interesting. So please Click Here To Read My Blog

http://pennystockinvestment.blogspot.com