14 de maio de 2007

REVIEW
Pretty Persuasion

Ano: 2006
Realizador: Marcos Siega
Actores: Evan Rachel Wood, James Woods

Uma gaja de classe média alta com um pai ausente que toca pívias enquanto faz sexo telefónico e uma mãe semi-catatónica que só pensa em ténis e no cão não descansa enquanto não envolve (e se envolve) numa trama de assédio sexual, acusando o seu professor de a molestar, juntamente com outras duas colegas.

Este é um bom filme, daqueles que eu gosto, com uma gaja cabra como tudo a fazer a vida negra aos que a rodeiam. No entanto, é pena que seja estereotipado até à medula (árabes, loiras burras, gajos fortes e desportistas = tapados que nem trancas), que tenha algumas partes sumamente aborrecidas e que, globalmente, seja bem mais pobre do que outros filmes do mesmo género, nomeadamente o subvalorizado "O" de Tim Blake Nelson, que me parece que também já passou aqui por estas páginas e onde Josh Hartnett bate aos pontos esta Evan Rachel Wood em putices para lixar o próximo.

É pena que o filme não chegue a cativar o espectador até porque tem personagens geniais, como a de um impagável James Woods, mas a verdade e que este... vai directo para o poço!

O melhor: A interpretação de Evan Rachel Wood.

O pior: Ser um parente pobre de outros filmes do mesmo género.

Veredicto: Esquecível...

Classificação: 5/10

Sem comentários: