23 de novembro de 2008

REVIEW
Taken

Ano: 2008
Realizador: Pierre Morel
Actores: Liam Neeson, Famke Janssen

Liam Neeson é um tarimbado e cauteloso agente da CIA, agora reformado, que autoriza, relutantemente, a deixar que a sua filha vá passar umas férias a Paris para acompanhar a tour dos U2. No entanto, enquanto lá está, é raptada para ser vendida numa rede de tráfico humano e o nosso agente tem que tirar da gaveta todo o seu "know-how" para ir resgatá-la, antes que lhe perca irremediavelmente o rasto.

Sob a capa de um filme carregadinho de clichés até à medula está um grande actor, Liam Neeson que, no fundo, faz maravilhas com o pouco que lhe dão, quer a nível de diálogo, quer a nível de cenas de acção, compenetrando-se a fundo no papel e encarnando na perfeição o personagem.

A temática utilizada (tráfico de mulheres) é... "original" e está bem tratada, com recurso a algumas cenas bastante perturbadoras. Fica, no entanto, a impressão que o realizador, em vez de pôr o dedo na ferida, apenas a arranha superficialmente, sendo apenas um motivo para atingir um fim.
Ou seja, por outra, fica a ideia que se a filha fosse raptada por aliens ou aprisionada por tarântulas gigantes, o nosso agente (cujo nome já me esqueci) seguiria exactamente o mesmo caminho para a libertar... e isso não diz muito da perícia do realizador para conjurar uma obra memorável.
Assim, fica apenas um filme razoável, com um bom actor, ideal para passar na matiné de Domingo da SIC com o espampanante rótulo de "Estreia em Televisão"...


O melhor: O actor principal.
O pior: É um filme que nunca sai dos carris...
Classificação: 5

Sem comentários: