28 de dezembro de 2008

REVIEW
The Women


Ano: 2008
Realizador: Diane English
Actores: Meg Ryan, Annette Benning, Eva Mendes


Vicissitudes da vida obrigam-me a que, volta e meia, me veja obrigado a apanhar com um destes "filmes de gaja".
O problema é que nem todos os filmes de gaja podem ser como o Sexo e a Cidade (a série, não o filme).
Um problema ainda maior é quando este filme tenta ser como o filme do Sexo e a Cidade.
Mais grave se torna quando falha redondamente, e fica a milhas do supracitado.

Ora bem, tendo em conta que o supracitado já era demasiado mau para ser verdade, o que esperar deste filme, ainda mais tendo em conta que tem um elenco de luxo, com algumas mulheres dominantes de Hollywood?

Conversas de gajas...

Não, nada de inteligente ou profundo. São, tão somente, as mais vagas, fúteis, vazias e ocas diatribes de um bando de vacas traídas que andam, de uma forma perdida, de um lado para o outro ao longo do filme, a deambular que nem passarinhos mortos...
É de um aborrecimento tão atroz, tão avassalador que quase chorei, tal era a deprimência confrangedora dos diálogos que inundava o écran minuto... após minuto... após minuto... ao longo de 2 horas torturantes, dignas do pior espectáculo sado-maso. E se a Meg Ryan não se retira definitivamente depois de mais esta bomba, eu não sei que mais é preciso fazer para a impedir de entrar em mais filmes!

Este até ia direito para os piores do ano, mas simplesmente nem sequer merece tal "honra"...

O melhor: Nada pode salvar este inacabável balde de bílis...
O pior: Tudo. Mas mesmo tudo.
Classificação: 1

Sem comentários: