15 de junho de 2009

REVIEW
My Name Is Bruce

Ano: 2008
Reaizador: Bruce Campbell
Actores: Bruce Campbell

Bruce Campbell fez um filme que, no fundo, é uma auto-paródia a tudo o que ele representa, nomeadamente o facto de ser o maior para um indeterminado número de pessoas, não obstante só ter feito filmes de merda para além da grandiosa trilogia Evil Dead. Como alguém que só faz filmes de merda é um ícone para tanta gente é algo que me ultrapassa. No entanto, o axioma está lá, é universal e incontestável: Bruce Campbell is THE MAN!

Ou seja, na prática este filme é uma espécie de JCVD, mas pior filmado e executado pois Bruce Campbell faz de ele próprio e é confundido com Ash, o herói de Evil Dead, tendo que livrar a assustada população de uma vilazeca pacóvia de um demónio libertado que é o protector do tofu (!). Esta amostra de argumento é apenas um pretexto para que Campbell possa soltar umas piadolas bacocas e artificialmente machistas, assim como uma salva de private jokes que apenas os fãs mais empedernidos irão entender. Todos os outros irão franzir o sobrolho perante os aparentes delírios de grandeza de um gajo que, pronto... já viu melhores dias.

Mesmo eu achei que ele foi longe demais aqui e nem o facto de ele ser THE MAN salva este filme de ter más piadas, maus actores, maus diálogos (tirando uma ou outra linha) e ser, em regra geral, deveras insuportável, pois parece que demora 2 horas a passar (não obstante não ter mais que hora e pouco de duração).

É outra hora de vida que não me devolvem... (suspiro)

O melhor: Bruce Campbell.
O pior: Bruce Campbell (o facto de ser o maior não o impede de ser uma merda aqui).
Classificação: 3

Sem comentários: