27 de abril de 2010

REVIEW
Away We Go

Ano: 2009
Realizador: Sam Mendes
Actores: John Krasinski, Maya Rudolph

Ao contrário de anteriores pseudo-delírios megalómanos de Sam Mendes, este é o mais "low-profile" filme dele, um "road-movie" levezinho sobre um casal jovem que está prestes a ter um filho e conta com os pais dele para cuidarem dele nos primeiros tempos.
No entanto, os pais (janados q.b.) furam-lhes a bolha, dizendo que vão morar para a Bélgica durante 2 anos.

Vai daí, o jovem casal tenta procurar uma nova casa, ancorando-se aos vários amigos (igualmente janados q.b.) para encontrar o que de melhor há em cada sítio até pararem naquele que, finalmente, lhes vai trazer a paz necessária.

O melhor neste filme, nesta jornada do jovem casal é mesmo a gama de personalidades dispares e alucinadas que constituem os personagens com que o casal se vai cruzando. Aberrantes, obscenos e surreais, proporcionam os melhores diálogos do filme e os momentos onde identificamos o maluco que mora em cada um de nós.

O melhor: As personagens secundárias.
O pior: A ingenuidade das personagens principais.
Classificação: 8

Sem comentários: