25 de julho de 2010

REVIEW
Inception

Ano: 2010
Realizador: Christopher Nolan
Actores: Leonardo DiCaprio, Ellen Page

O regresso de Christopher Nolan à cadeira de realizador depois do sumptuoso Dark Knight é, por incrível que pareça, infinitamente superior à obra do homem morcego.

Numa época em que imperam os blockbusters burrificantes, ter nas mãos um filme como este Inception é quase um pecado, pois o mesmo representa um pináculo de frescura, originalidade e inteligência, fruto de um argumento arrojadíssimo e que, por uma vez, puxa pela inteligência do espectador sem nunca ser condescendente com ele.

Tal como o mundo em que se baseia, este filme é o verdadeiro sonho molhado de um cinéfilo, o redescobrir do prazer de ir ao cinema ver algo de inovador e diferente, uma espécie de filho bastardo do Matrix com o Memento (caracterização que nem sequer se aproxima daquilo que define esta jóia) e constitui, a ascenção de Christopher Nolan ao panteão dos imortais da 7ª arte, pois se o argumento (da autoria dele) é bom, a realização é ainda melhor e, depois desta, ele até pode fazer uma ou duas bombas de esterco seguidas que eu (e, provavelmente, meio mundo) nem nos importamos, deliciados que ainda estaremos com este manjar, que perdurará largo tempo na nossa psique....

Esta é uma review com poucas palavras porque, sinceramente, o filme fala por si e nada do que se disser lhe vai fazer justiça. É preciso ver para crer...

O melhor: O argumento e a história são fabulosos.
O pior: A palavra "THE END".
Classificação: 10

1 comentário:

Xana disse...

Que 10 mais bem dado... Sem duvida alguma... AMEI!