1 de março de 2011

REVIEW
127 Hours



Ano: 2010
Realizador: Danny Boyle
Actores: James Franco

127 Hours é um biopic de um explorador azarado que fica com uma mão debaixo de uma pedra e tem que a amputar para conseguir sobreviver e é, também, um notável "one man show" de James Franco, um bom actor que aqui se transcende por completo e supera, em variados momentos, as bizarrias dirigistas de Danny Boyle, numa tentativa desesperada de esticar ao máximo o filme até à hora e meia mínima.

Há certos momentos em que o filme perde o élan que trazia do início e, de alguma forma, sentimo-nos um pouco abandonados naquele buraco, tal como o protagonista. Mas tudo acaba por mudar quando Franco se decide a dar cabo do braço, com uma cena absolutamente delirante do corte de um nervo, dolorosamente bem conseguida. Não é tão brutal como os desmaios que por aí ocorrem dão a entender, mas dá para uns "eishh" de nojo.

Um excelente actor pedia outro realizador para isto. Olhem para o Buried (sobre o qual me debruçarei em breve...)

Classificação: 7

Sem comentários: