6 de março de 2011

REVIEW
Splice



Ano: 2010
Realizador: Vincenzo Natali
Actores: Adrien Brody, Monica Potter

Como foi refrescante assistir ao Cubo em 1997. O primeiro filme de Vicenzo Natali tinha o seu quê de Porkys, ou seja, era uma espécie de filme de culto, fruto proibido apetecido pela extrema violência (e não tanto a sexualidade do supracitado).

Uns bons 13 anos depois, Natali aventura-se na experimentação genética e este Splice é uma obra interessante e perturbadora q.b. que inclui a mais bizarra cena de sexo de que me recordo, daquelas de fazer arrepiar os cabelos do cu.

Fora a "kinkiness" da dita cena, o que resta é um enredo interessante, profícuo a levantar uma miríade de questões éticas e morais inerentes à área da experimentação genética, e que faz com o que filme seja um "sleeper hit" deveras atractivo e agradável de seguir, principalmente pelo espectador ávido de uma certa morbidez e de excelentes efeitos em CGI.

Classificação: 7

Sem comentários: