14 de abril de 2011

REVIEW
Fair Game


Ano: 2010
Realizador: Doug Liman
Actores: Sean Penn, Naomi Watts

Onde é que eu já vi Sean Penn a fazer um papel deste género? E a Naomi Watts, que é sempre apanhada no meio do fogo, neste ou noutro tipo de filmes?
Aqui não é diferente. Penn é um ex-diplomata de renome. Watts é uma agente da CIA que se vê desmascarada como parte de uma "vendetta" do governo Bush por um artigo nada amistoso que o seu marido escreveu, duvidando da existência de armas de destruição maciça como desculpa para invadir o Iraque.

E tudo isto parece muito apaixonante no papel pois a perspectiva de um thriller político é sempre assinalável, sendo capaz de nos deixar a salivar que nem os cães babosos que somos.

No entanto, o realizador Doug Liman, com uma tendência natural para tornar denso qualquer filme light, trata-nos a todos como discípulos do Nuno Rogeiro, perdendo-se na sua própria trama e enchendo-a de pormenores tão complexos e técnicos que o espectador vê-se em palpos de aranha para seguir a história...

Classificação: 6.5

Sem comentários: